TATU

O tatu é um mamífero pequeno, mais ou menos do tamanho de um gato, mas que é muito especial: tem uma espécie de armadura que o protege contra os inimigos. (Em espanhol e inglês, o seu nome é "armadillo")

Esta "armadura" é composta por umas placas muito fortes que envolvem todo o seu corpo, da cabeça até a ponta da cauda.

O corpo é castanho e pode ter variações entre o castanho claro e o amarelado.

A gravidez da mãe tatu demora mais ou menos dois meses. As crias nascem entre dois a quatro por ninhada. Os filhotes do tatu nascem sem pelos, sem dentes, sem ouvir, sem ver e com a boca tapada por uma membrana que só tem uma pequena abertura que lhes permite mamar.

Para fazer a sua toca, o tatu cava túneis muito profundos na terra mole da floresta. É na toca que passa a maior parte do dia e ela é tão grande que podem morar lá vários tatus.

Mas, se o tatu passa o dia dentro da sua toca, como é que come? Bom, como é um animal noturno o tatu sai à procura de alimento depois de escurecer.

Os tatus são bons caçadores porque são muito rápidos em terra firme e nadam bem. Comem insetos (principalmente larvas) e outros invertebrados, pequenas cobras e alguns vegetais, como raízes, frutos, etc.

Dizem que tem milhares de anos! Quer dizer, a sua família tem milhares de anos, porque o bichinho em si vive só cerca de quinze anos.

O seu antepassado pré-histórico era muito maior. Chegava a ter o tamanho de um filhote de elefante!

Os maiores inimigos dos tatus são os homens, que gostam muito da sua carne para comer, também as onças e as aves de rapina.

Quando o tatu se sente ameaçado enrola-se todo e nenhum inimigo (exceto o homem) consegue capturá-lo.

Os tatus, tal como as preguiças, fazem parte de uma ordem de animais chamada "sem dentes". Uma coisa engraçada é que estes dois animais têm dentes! Algumas espécies de tatus chegam a ter 90 dentes. Se calhar têm este nome porque os seus dentes, apesar de até serem muitos, não têm raiz! São como os nossos dentes de leite.


<<voltar
   

facebook twitter